Igreja de São Martinho de Soalhães

Marco de Canaveses
Descrição

Soalhães foi um território particularmente cobiçado pela nobreza medieval. A importância da terra ditou que os seus senhores tomassem o topónimo para seu apelido, como no caso de D. João Martins, chamado de Soalhães, bispo de Lisboa e arcebispo de Braga.
Todavia, são poucos os vestígios românicos deixados à vista pela profunda intervenção realizada na Igreja no século XVIII. O seu portal principal, datável já do século XIV, mostra uma organização protogótica, confirmada pela ausência de tímpano e pelo cariz naturalista dos seus capitéis.
Muito embora o óculo do portal tenha recebido um arranjo durante a intervenção setecentista, a verdade é que tal não aconteceu no interior, onde ainda hoje apreciamos uma moldura pontuada por pérolas, motivo muito disseminado pela arquitetura românica das bacias do Douro e Tâmega.
No interior, um túmulo do século XIII ou XIV, abrigado por arcossólio na capela-mor, do lado direito, coabita com uma profusão de cores e materiais que testemunham um investimento algo excêntrico em painéis azulejares, de madeira em médio relevo policromados, e na ornamentação da talha que vai além dos próprios retábulos [altares].


Local: Marco de Canaveses
Casa da Quinta do Loureiro

Casa da Quinta do Loureiro

A Casa da Quinta do Loureiro situa-se sobre a albufeira da Pala em Ribadouro.Dispõe de 4...
Mais informação
Casa de Telhe

Casa de Telhe

A Casa de Telhe, pelo seu valor histórico, patrimonial e geográfico atraiu várias gerações e...
Mais informação
Restaurante O Alpendre

Restaurante O Alpendre

O restaurante O Alpendre, é um espaço moderno resultado da combinação da arquitectura moderna...
Mais informação
Tongobriga Restaurante Bar

Tongobriga Restaurante Bar

O Tongobriga Restaurante Bar propõe uma descoberta de sabores, confeccionados com ingredientes...
Mais informação
Comentários Não existem comentários dos nossos visitantes. Seja o primeiro a comentar.
Avaliar: Faça a sua avaliação